"SEI QUE NADA SEI, NO ENTANTO SEI, QUE ENQUANTO VIVER COMBATEREI COM TUDO O
QUE ESTIVER AO MEU ALCANCE, TODOS OS QUE COMETEM ALIENAÇÃO PARENTAL"

domingo, 23 de junho de 2013

Para lá das estrelas

Quando as noites me rodeiam, vem-me à memória aquele dia em que te abracei na estação dos comboios e te vi partir na direcção do carro que te aguardava.
Sabes filho, a dor que me descia pelo centro do peito ainda se mantém. Não te sei explicar, apenas sei que essa imagem todos os dias me desgasta e que deveria de ser apenas um sonho e nunca, mas nunca um pesadelo.
Te amo para lá das estrelas meu querido filho.