"SEI QUE NADA SEI, NO ENTANTO SEI, QUE ENQUANTO VIVER COMBATEREI COM TUDO O
QUE ESTIVER AO MEU ALCANCE, TODOS OS QUE COMETEM ALIENAÇÃO PARENTAL"

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Paz Interior


“Diz um velho conto Zen que um velho Monge Budista, Mestre em Artes Marciais era capaz de enfrentar e derrotar qualquer adversário por mais difícil que ele fosse.


Certo dia, um homem conhecido pela sua total falta de escrúpulos apareceu com a intenção de desafia-lo e claro, vencê-lo. O velho Monge aceitou o desafio e o homem começou de imediato a insultá-lo. Chegou a jogar algumas pedras em sua direcção, cuspiu para cima do velho Monge e gritou todos os tipos de insultos.

Durante horas fez tudo para provocá-lo, mas o velho Monge permaneceu impassível.
No final do dia, sentindo-se já exausto e humilhado, o homem se deu por vencido e retirou-se. Desapontados com a falta de reacção do velho Mestre, os alunos perguntaram-lhe como ele pudera suportar tanta humilhação. O Mestre então perguntou:

- Se alguém chega até vós com um presente, e vós não o aceitais, a quem pertence o presente?

- A quem tentou entregá-lo. Respondeu um dos discípulos.

- O mesmo vale para a inveja, a raiva e os insultos. Quando não aceites, continuam pertencendo a quem os carregava consigo.

A vossa  paz interior depende exclusivamente de vós. As pessoas não podem vos tirar a calma a não ser que vós o deixais.”




          

Sem comentários:

Enviar um comentário